Balneário

São Lourenço - MG

Trem das Águas

São Lourenço - MG

Vista Parque das Águas

São Lourenço - MG

segunda-feira, 31 de março de 2014

57º BPM REALIZA MAIS UMA AÇÃO SOCIAL

 ACISO de aniversário do 57 BPM: Perfeita integração

Aconteceu na sede do 57º Batalhão de Polícia Militar, na tarde do último  sábado (29/03), uma Ação Cívico Social (ACISO), promovida pela Unidade em comemoração ao seu primeiro aniversário de instalação.
A atividade inserida na programação das festividades teve como objetivo aproximar e integrar comunidade e a Polícia Militar contando com o apoio e a participação da Prefeitura Municipal de São Lourenço, Escola de Educação Profissional Microtec, Faculdade de Educação e Ensino Superior Vitor Hugo e Escoteiros de São Lourenço.
As atividades se iniciaram às 13h00 e foram montados estandes para melhor atender o público. No espaço “Saúde e Bem Estar”, as pessoas puderem desfrutar de tratamentos de estética facial, corte de cabelo, aferição de pressão arterial, teste de glicemia, dentre outros, serviços estes oferecidos pela escola Microtec. No espaço “Lazer”, a criançada pôde se divertir com brincadeiras como a cama elástica, além de conhecerem um pouco do trabalho e atividades desenvolvidas pelo grupo de escoteiros da cidade. Os participantes ainda puderam assistir ao grupo teatral Arte Jovem que apresentou a peça “Morte e Vida Severina”.
Tanto as crianças, como os adultos, se deliciaram com algodão doce, picolés e pipocas.
Cerca de 600 pessoas compareceram e prestigiaram o evento. Marcaram também presença os oficiais e praças da Unidade; o Sr. Antônio Meireles Junqueira Monteiro de Barros, Presidente da OAB de Baependi/MG e a Sra. Amélia Tetté Balaciano, “Madrinha” da Companhia de Polícia Militar da cidade de Caxambu/MG. 





Blog São Lourenço News entrevista: Eugênio Ferraz

Chanceler da Comenda Ambiental Estância Hidromineral de São Lourenço

A prova do sucesso da Comenda Ambiental: Presidente da ALMG, Deputado Estadual Dinis Pinheiro, Dr. Eugênio Ferraz, o Vice-Governador Alberto Pinto Coelho e o Governador Antônio Anastasia momentos antes do início da solenidade

O Diretor da Imprensa Oficial de Minas Gerais e Chanceler da Comenda Ambiental Estância Hidromineral de São Lourenço, de Belo Horizonte, atendeu a reportagem do Blog São Lourenço News. Nesta entrevista, ele faz um relato da cerimônia de entrega da Comenda Ambiental, a única do gênero no Brasil. Na solenidade deste ano, que contou com a participação do Governador Antônio Anastasia, que deixa o governo no dia 4 de abril, e do vice Alberto Pinto Coelho, que assume em seguida, Dr. Eugênio Ferraz faz uma espécie de prestação de contas do que aconteceu na badalada solenidade de 2014.

São Lourenço News: É possível fazer um balanço do evento da Comenda Ambiental no ano de 2014?

Eugênio Ferraz: Foi, novamente, mais um evento extremamente positivo, que contou com a presença do governador Antonio Anastasia e de seu vice, Alberto Pinto Coelho, que assume o governo de Minas no próximo dia 4 e que foi o orador oficial deste ano na Comenda Ambiental. Estiveram, presentes, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Dinis Pinheiro, vários secretários de Estado, deputados federais, estaduais, dezenas de prefeitos e vereadores, a presidente do Servas, Célia Pinto Coelho, o presidente do Instituto Teotônio Vilela, João Pimenta da Veiga, além de outras tantas autoridades, demonstrando o elevadíssimo prestígio da solenidade em âmbito nacional. 

São Lourenço News: O senhor acredita que a Comenda Ambiental está sedimentada? 

Eugênio Ferraz: Não resta a menor dúvida! Desde a primeira edição, cujo sucesso foi além de qualquer expectativa, trabalhamos arduamente para que cada edição superasse a anterior, o que vem ocorrendo ano após ano, principalmente no que se refere aos eventos paralelos que trazem conhecimento, cultura e benefícios para a sociedade de São Lourenço, pois, inclusive, esta Comenda atrai olhares e vantagens para a cidade, oportunizando a divulgação maciça da cidade em todo o país, cujo custo dessa mídia espontânea seria astronômico se fosse arcado pelo município.

São Lourenço News: Os bastidores... Existem muitos pedidos para a comenda ambiental?

Eugênio Ferraz:  As indicações são feitas, basicamente, pela prefeitura e Câmara Municipal. Indicam, também, órgãos centrais do Estado como Governo Estadual, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Tribunal de Contas, Assembleia Legislativa, Academia Mineira de Letras, Instituto Histórico e Geográfico de Minas, Associação Comercial, Ibama, bem como entidades locais, além de outras unidades de prestígio que dignificam ainda mais o valor da Comenda, sendo, pois natural que seja uma Medalha extremamente cobiçada e até disputada.

São Lourenço News: Algumas pessoas falam que o número de agraciados é muito grande... Existe um motivo para isso?

Eugênio Ferraz: A ideia era de que um número grande seria diretamente proporcional à divulgação da própria comenda e da cidade, o que vem ocorrendo na sequência de edições. Para as próximas edições, a nossa proposta é de acentuada redução do número de agraciados, uma vez que o objetivo inicial já está cumprido, bem como tal redução ainda mais valorizará a honraria.

São Lourenço News: O senhor ocupa um importante cargo do governo do Estado de Minas Gerais e conversa com o governador Anastasia... Quais são as impressões dele sobre a comenda?

Eugênio Ferraz: Com certeza são as melhores possíveis. Se você reparar nas falas do nosso caro governador, desde a primeira edição até esta recente,  ele interliga de uma forma muito inteligente nossa cidade, o meio ambiente, a valorização de nossa maior riqueza, as águas, tudo contornado pelo aspecto emocional de sua ligação com São Lourenço, cidade por ele frequentada desde a sua infância. Obviamente ele vê com muito bons olhos esta Comenda, pois, desde sua criação a prestigia com sua presença, o que por si mesmo já diz tudo. E sempre se fazendo acompanhar das mais altas autoridades em todos os anos...  

São Lourenço News: Um alto funcionário do Cerimonial do Governador disse que a Comenda, guardada as devidas proporções, é algo que se compara muito a Ouro Preto, mas sendo até mais complexa que aquela, pois, envolve não só um evento, mas diversos simultâneos, temáticos e de elevados aspectos inovadores com teores substânciais de inclusão social, meio ambiente, cultura e cidadania. Como o senhor analisa esta declaração?   

Eugênio Ferraz: De fato, concordo plenamente com a colocação. Esta Comenda, estruturada como está, é temática, tem no mínimo três dias de comemorações e eventos paralelos que não a deixam reduzir-se somente ao agraciamento, trazendo, no seu contexto e na sua amplitude, eventos que ainda mais acentuam sua importância não só ambiental como também  cultural, abrangendo diversas áreas e setores que se tornam multiplicadores em seus efeitos positivos para São Lourenço. Foi com esta proposta que Ivanise idealizou a Comenda, pensando em algo que deixasse frutos, que perenizasse efetivas propostas e resultados, trazendo, ainda, dos agraciados e participantes, compromissos sérios e efetivos com o tema envolvido, além dos demais temas paralelos que tornam o evento único em prol da sociedade. Alguns dos resultados que podemos citar são, por exemplo, as mídias positivas espontâneas acerca de São Lourenço a cada edição da Comenda, divulgando a cidade em todo o país; os dois Seminários Sobre Acessibilidade em Cidades Turísticas, que despertam a consciência local acerca de melhorias que devem ser feitas para atendimento a crianças, idosos e deficientes, algumas delas já implantadas, outras em processo de implantação; as ações pedagógicas efetuadas pelo Instituto Inhotim em São Lourenço, aliadas ao projeto de Socialização na Infância, despertando e acentuando a conscientização ambiental; as ações de cidadania conduzidas em parceria com a polícia civil e policia militar; a pioneira homenagem a Nhá Chica pouco antes das comemorações oficiais de sua beatificação; a criação do 57° Batalhão da PM, o denominado Batalhão do Circuito das Águas; a proposta ao IEPHA.MG, feita pelo Ministério Público,  de tombamento do Parque das Águas e a inscrição das águas de São Lourenço como patrimônio imaterial no ano passado e, neste ano, a assinatura de protocolo de intenções para o detalhamento técnico completo a fim de que o IEPHA.MG dê continuidade ao processo para efetivo tombamento e inscrição das águas como patrimônio imaterial, propiciando, assim, a absoluta segurança da inviolabilidade de nossas águas e a completa proteção do local que as abriga, o parque; as distribuições de mudas nativas; a viabilização do monumento Relógio Solar, para abrigar cápsula do tempo com toda a memória atual; o protocolo de intenções para a criação do Instituto Histórico e Geográfico   de São Lourenço, um dos mais importantes legados da Comenda Ambiental, pois trata-se de entidade que perpetuará a memória local e regional, contribuindo decisivamente para a concentração e irradiação de cultura em São Lourenço; os sorteios e a distribuição gratuita de cerca de 5.000 livros na praça, tudo aliado a espetáculos com fortes vínculos culturais como o Valores de Minas, o Minas ao Luar, além da fixação de São Lourenço como ponto inicial das comemorações da Inconfidência Mineira por meio do acendimento do Fogo Simbólico da Liberdade, bem maior da civilização que traduz o espírito de Minas Gerais. Estas ações, aliadas, sobretudo, à conscientização dos jovens, tornam-se o embrião do que foi proposto inicialmente quando da idealização da Comenda pela Ivanise. Tudo isto sem contar os diversos resultados representados por verbas adicionais que o poder executivo local recebe, também, em decorrência da exposição propiciada pela Comenda, aliados aos trabalhos do executivo e dos vereadores constantemente em Belo Horizonte e Brasília, permitindo, assim melhores e maiores investimentos na cidade.


São Lourenço News: São Lourenço é citada por causa desta Comenda Ambiental em Ouro Preto?

Eugênio Ferraz:  Desde a primeira edição, com o irrestrito apoio de todas as equipes  do governo do Estado (eventos, cerimonial, segurança, além da PM) conseguimos trazer para a cidade o acendimento do Fogo Simbólico da Liberdade, que todo ano alimenta a Pira da Liberdade no 21 de abril em Ouro Preto, nas comemorações da Inconfidência Mineira, certamente a mais importante solenidade cívica do Brasil. Há 4 anos São Lourenco é citada e destacada naquela cerimônia cívica maior de Minas e do país, como a cidade onde se iniciou o Fogo Simbólico da Liberdade.  É uma tradição que se consolida, interligando a preocupação ambiental da atualidade com nossa passado histórico, amalgamando São Lourenço, do sul de Minas, do futuro representado pela preservação das águas, maior riqueza futura, ao passado histórico representado pelas origens históricas do Ciclo do Ouro, maior riqueza de nosso passado, de Minas Gerais, em Ouro Preto, aliando aquele passado ao futuro neste estado que é a mais completa e perfeita síntese do Brasil.

São Lourenço News: É possível dimensionar os "lucros" que a cidade obtém com a Comenda Ambiental?

Eugênio Ferraz: Somente sua positiva exposição em mídias nacionais, já traz um grande aumento e incremento no turismo da cidade, multiplicando o fluxo e geração de riquezas e beneficiando a população como um todo, já que São Lourenço, além de praticamente não possuir área rural, tem no turismo, essa indústria limpa, seu principal atrativo, tornando a cidade um singular local de excelente qualidade de vida. Há indicações que a partir de sua primeira edição, a Comenda trouxe um aumento significativo do turismo em razão de sua elevadíssima divulgação. Além do mais, a presença de autoridades e de pessoas ocupantes de posições de destaque nas áreas dos poderes executivos, legislativos e judiciários, além de destacados dirigentes e empresários, São Lourenço passa a ser foco de maiores atenções por parte daqueles que podem canalizar recursos e benefícios para a cidade, consequentemente, beneficiando a população.  Assim, globalmente analisada, ganha a sociedade local, vez que a cidade é alavancada pela sua mais importante atividade, o turismo, não precisando gastar cada vez mais para ter essa visibilidade positiva, sadia e atrativa.

São Lourenço News: Feliz com o resultado de 2014?

Eugênio Ferraz: Claro, e muito, pois podemos todos perceber os benefícios que nossa terra vem recebendo a curto, médio e longo prazo. São inúmeras pessoas, principalmente aquelas que melhor conhecem a cidade em todos os seus aspectos, aquelas que são os verdadeiros impulsionadores do progresso sadio e responsável, pessoas que conhecem profundamente a história local, dela fizeram e fazem parte, que nos procuram, parabenizando acerca dos acontecimentos. Igualmente, as próprias unanimidades da imprensa e dos executivos, empresários e parlamentares locais, não deixam dúvidas do bem feito à cidade. Ivanise, a idealizadora e eu, como o chanceler da Comenda, sempre ficamos apreensivos, a cada ano, com o sucesso que projete ainda mais nossa querida terra. Graças a Deus, ao esforço de muitos também abnegados, à prefeitura e aos seus competentes servidores, à Câmara, com seus engajados e progressistas vereadores, enfim, à imprensa e a toda a população que, em sua esmagadora maioria, bem percebe os efeitos positivos trazidos pelos eventos, e os resultados não poderiam ser melhores. Feliz um povo que não é sombrio e pessimista, que não é crítico pela crítica, que não é infeliz pela própria infelicidade, pela própria amargura de sua própria incapacidade. Feliz é um povo que disputa livros - como visto na praça -, que disputa cultura, que sabe engrandecer seus valores, que sabe, pragmaticamente, conduzir seu destino altaneiro, grandioso, singular em sua pluralidade. Feliz o povo de São Lourenço por ter a riqueza única que tem, por tão bem receber seus visitantes que, em última análise, é o seu próprio sustentáculo. Parabéns a São Lourenço, essa maravilhosa terra. 




Prefeito Zé Neto anuncia novo secretário municipal de Infraestrutura

Rogério Mello assume a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Daniel Auletta assume a Defesa Civil de São Lourenço 

O prefeito Zé Neto anunciou na manhã de hoje (31/03) o nome do novo secretário municipal de infreestrutura: Trata-se do advogado Rogério Mello que deixa o cargo de coordenador municipal de Defesa Civil. Rogério Mello assume o novo cargo no dia dois de abril.
Depois de quatro anos e meio à frente da Defesa Civil do Município Rogério Mello é promovido a um cargo de primeiro escalão. Quem assume o cargo da Defesa Civil é o também advogado Daniel Auletta que era assessor jurídico do município.
Helson Salgado, que estava no cargo interinamente retorna para diretoria de Serviços Urbanos. O prefeito Zé Neto, durante o anúncio do novo secretário, disse que Rogério Mello tem o perfil desejado por ele para o cargo tendo em vista as reformas que serão realizadas nas leis que afetam diretamente a infraestrutura do município: "O Dr. Rogério preenche todos o requisitos necessários para esta nova fase da secretaria. Ele entra na cota do seu partido, o PMDB e está apto para dar conta do recado", finalizou Zé Neto. 



         

Motoristas do Transporte escolar da prefeitura promovem paralisação

Mesmo com a paralisação, os ônibus rodaram com certo atraso na manhã de hoje

Seis motoristas concursados e lotados na Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de São Lourenço promovem uma paralisação de suas atividades no dia de hoje, 31 de março. Segundo uma nota distribuída e assinada pelos seis profissionais (Leia na íntegra a nota abaixo da matéria) a gratificação recebida por eles nos dois últimos anos - o famoso 14º salário - não foi pago este ano. E os motoristas afirmam que o valor chegou a ser colocado no holerite, mas foi retirado em seguida.
Os motoristas alegam ainda que tal decisão partiu da Secretaria Municipal de Planejamento que, segundo eles, é a responsável por toda esta confusão. Inclusive hoje, 31 de março, foi decretado ponto facultativo pela prefeitura de São Lourenço e a Secretaria Municipal de educação está de folga. Mas as aulas acontecem normalmente ou seja, é dia letivo. Mais uma confusão armada e sem precedentes. Se a Secretaria Municipal de Educação está de folga hoje, toda rede municipal também deveria estar. Os motoristas também argumentam que deveriam estar de folga no dia de hoje por conta do decreto municipal que concede o ponto facultativo.
O prefeito Zé Neto disse agora cedo que a gratificação não foi paga tendo em vista a nova legislação para o assunto em questão. Ele se mostrou favorável à reivindicação dos motoristas e que enviou para a sua assessoria jurídica e espera um parecer. O prefeito Zé Neto disse ainda que espera resolver a questão dentro da prefeitura, mas que, se não for possível, terá que enviar uma emenda à Lei Municipal que depende de votação dos vereadores.
Relatos informam que muitos alunos que dependem do transporte escolar chegaram atrasados nas escolas municipais hoje. Os motoristas alegam que os motoristas que assumiram o lugar deles não possuem os cursos exigidos para dirigir carros na categoria transporte escolar.
Sobre a questão do ponto facultativo, o prefeito foi taxativo afirmando que os motoristas tiveram folga na quarta-feira de cinzas quando o funcionalismo trabalhou e que hoje eles trabalhariam por conta do calendário escolar 2014.
Os motoristas que paralisaram suas atividades não promoveram qualquer impedimento para que os ônibus rodassem com outros profissionais na condução dos mesmos.
Leia a carta divulgada pelos motoristas na manhã de hoje:      
Paralisação dos Motoristas da Secretaria de Educação de São Lourenço.
Srs.(a)
Os motoristas concursados cotados na Secretária Municipal de Educação, vem através deste justificar a paralização do Transporte Escolar no dia 31/03/2014.
O principal motivo dessa paralização é a indignação com a forma que estamos sendo tratados pela atual Administração Municipal.
Em 2011 a Secretária de Educação criou uma gratificação anual, onde premia o funcionário com uma remuneração que pode chegar até 100% do valor dos vencimentos do funcionário. Gratificação está que é concedida após uma avaliação de desempenho. A princípio está gratificação era destinada apenas aos professores. Abriram-se brechas e atualmente quase todos os funcionários da Educação recebem a mesma. Quando abriram estás brechas, nós os motoristas do Transporte Escolar reivindicamos o direito de também receber esta gratificação.
Após muitas discussões a Secretaria de Educação, juntamente com o Srº Prefeito, decidiu nos beneficiar também com a gratificação, prometendo nos incluir na Lei da Gratificação através de uma emenda, como foi feito com alguns funcionários. Recebemos a gratificação nos anos de 2012 e 2013, sendo pago parceladamente como complemento salarial. A promessa de nos incluir na Lei só foi concretizada no final do ano de 2013.
Ficamos mais tranquilos, aliviados por achar que havia acabado uma batalha que já durava 3 (três) anos. Com a nossa inclusão receberíamos o valor da gratificação, não mais parcelada, mas integral como recebem os professores, diretores, supervisores, auxiliares de serviços geral, vigias, monitores do transporte escolar, etc. 
Em Janeiro deste ano recebemos nosso contra cheque e lá estava nossa gratificação, paga integral, conforme a Lei aprovada pela Câmara Municipal. Fizemos um planejamento contando com esse dinheiro. Mas para nossa surpresa, quando fomos receber no banco, não havia mais aquela gratificação. A mesma foi vetada pela Secretaria de Planejamento e assim retirada de nossos contra cheques. Foi vetada pela mesma Secretaria que autorizou o pagamento nosso nos anos de 2012 e 2013.
E então aqui estamos, passaram-se 3 meses e nenhuma explicação lógica ou concreta nos foi dada. Estamos no meio de um jogo de empurra de responsabilidades e acreditamos também, estarmos sendo vítimas de perseguição.
E hoje o que sentimos é um certo descaso por parte da Secretaria de Educação.
Um exemplo disso, é o dia de hoje 31/03/2014, PONTO FACULTATIVO decretado pelo Srº Prefeito. Não sabemos se cumprimos o calendário escolar ou o calendário da Prefeitura. O que sabemos é que quando a Escola para, somos obrigados a cumprir o horário na garagem. Mas quando a Garagem e secretarias em geral da Prefeitura param, como no dia de hoje 31/03/2014, somos obrigados a cumprir o horário seguindo o calendário escolar.
Em fim esperamos uma posição concreta de quando e como vamos receber nossa Gratificação, uma vez que, já nos foi concedida como direito, quando foi paga com autorização da Secretaria Municipal de Educação e Secretaria de Planejamento nos anos de 2012 e 2013, e aprovada pelos vereadores, como emenda na Câmara Municipal de São Lourenço.
E aos usuários do Transporte Escolar pedimos imensas desculpas pelo transtorno de hoje e esperamos que entendam e compreendam essa nossa atitude.
São Lourenço, 31 de Março de 2014.
José Aldair de Paula Faria
José Ricardo Costa André
Josué Casemiro Lorena
Paulo Sergio Costa
Alexandro de Oliveira Melo
Francisco Armando Leonidas




domingo, 30 de março de 2014

Mais imagens da Comenda Ambiental Estância Hidromineral de São Lourenço

Neste domingo, nada melhor rever grandes momentos da entrega da Comenda Ambiental Estância Hidromineral de São Lourenço. Imagens ainda não veiculadas no blog, adquiridas do site oficial do evento:
























  





sábado, 29 de março de 2014

Carrossel Supermercados faz sorteio de carros e motos no seu 42º aniversário


Uma festa para ninguém colocar defeito. Simultaneamente, em São Lourenço e Caxambu, a empresa Carrossel Supemercados, promoveu o sorteio de dois carros e três motos. A praça da Federal como é mais conhecida lotou com pessoas ávidas por uma sorte extra e ganhar uma moto ou um carro.
Foi montada na Praça Dr. Humberto Sanches um aparato com brinquedos para as crianças e bem ao centro o local para o sorteio dos cupons. Um grande número de pessoas acompanhou o sorteio.
O resultado em São Lourenço foi este com os seguintes vencedores:
Moto Amarela: Janete Maria Chaib Junqueira do bairro Parque Olimpico
Moto Preta: Celso Junior Oliveira Nunes do bairro Vila Nova, Carmo de Minas
Fiat Uno Way vermelho: Asilo Casa de Maria de São Lourenço
Veja mais fotos:

 A urna com os cupons começa a ser levada para a praça da Federal

 A Pracinha da Federal recebe um grande número de pessoas

 Todos ansiosos por sair em um carro ou moto 0 km

 Os gerentes do Carrossel em São Lourenço tendo à direita, Mário

 A expectativa do sorteio

 Todo mundo acompanhando

Funcionário do Carrossel mexe os cupons para dar sorte